KUBOTA - Pioneira da Video Arte


Shigeko Kubota foi mulher de Nam June Paik que explorou nos anos 60 a nova linguagem dos media, em paralelo com o seu marido, mas que a história ofuscou.
Em jeito de celebração do pioneirismo do trabalho de Kubota, o Projecto Videolab apresenta um evento que mescla performance, vídeo e instalação inspirado no trabalho da artista.
(https://www.artsy.net/article/artsy-editorial-shigeko-kubota-pioneered-video-personal-medium)
Evento integrado em "O Dia das Mulheres".

 
Instalação Videolab
Instalação Videolab
"Duchamp's Grave", Shigeko Kubota

Performance de Carmo Almeida
Performance de Carmo Almeida
Performance de Carmo Almeida
Intervenção Videolab
Instalação Videolab

VIDEOLAB INSÓLITO


O Cinema e o surrealismo é o tema do próximo evento Videlab a realizar-se na Casa da Esquina, em Coimbra, no dia 21 de Outubro de 2017, pelas 21h30.
INSÓLITO reúne um conjunto de vídeo-instalações e performances que celebram o experimentalismo da aurora do cinema. Um olhar insólito sobre a realidade convencionada guia o público através de um percurso inesperado em que avesso e direito, base e topo, animado e inanimado se apresentam com o mesmo peso e a mesma expressão.
Com a participação de José Vieira, Eunice Artur e Agendas Obscuras.
Produção: Videolab
Apoio: Casa da Esquina e Câmara Municipal de Coimbra


"Entre Líquidos", Angella Conte, 2008
"Entr'Acte", René Clair e Francis Picabia, 1928
"Glass Light", performance de José Vieira
"Esta intratável mania que ilude um caracol", Eunice Artur & Agendas Obscuras
"Esta intratável mania que ilude um caracol", Eunice Artur & Agendas Obscuras
"Esta intratável mania que ilude um caracol", Eunice Artur & Agendas Obscuras
"Esta intratável mania que ilude um caracol", Eunice Artur & Agendas Obscuras

FONLAD 2017



O Projecto Videolab, em parceria com Galeria Santa Clara, o Círculo de Artes Plásticas, a Casa da Esquina e o Teatrão, apresentam a 13ª edição do Festival Fonlad.
Na sua 13ª edição, o festival Fonlad recebeu mais de 450 propostas de filmes oriundos dos 5 continentes. Após a seleção final, o comissariado do festival escolheu uma lista de 45 filmes, metade dos quais haviam sido previamente apresentados no Museu da Água entre 2 e 11 de Junho.
Na sua programação para 2017, o Festival recebe a colaboradora e amiga, Francesca Fini (It), que apresentará o seu mais recente trabalho performativo ("Skin/Tones") com a colaboração de Jorgette Dumby, na Casa da Cultura, bem como o filme da sua autoria “Ofelia non Annega” no auditório do Círculo de Artes Plásticas de Coimbra (CAPC Sereia). Para além do trabalho de Francesca Fini, serão também apresentadas na Casa da Esquina, duas obras realizadas em residência artística: uma performance por Paula Lafuente (Es) e uma vídeo dança de Carla Forte (Ven).
Em continuada parceria, serão apresentadas na Galeria Santa Clara várias vídeo - instalações em diversos espaços da galeria, entre as quais se apresentará o trabalho de Simon Guiochet realizado em residência.
A encerrar o programa a direção do festival irá apresentar na Oficina Municipal do Teatro (OMT) numa co-produção com O Teatrão, “Momentum”, um evento com o objetivo de questionar a tradicional apresentação de uma sessão de videoarte, com várias outras intervenções a decorrer em simultâneo, entre as quais se referem performance, dança e outras, um conceito desenhado por Sérgio Gomes em parceria com diversos comissários de festivais internacionais. 

Inauguração, Galeria Santa Clara - 14 Julho
Vídeo de Krintina Paustin, Galeria Santa Clara - 14-22 Julho
Instalação de con.tatto, Galeria Santa Clara - 14-22 Julho
Inauguração de Simon Guiochet, Galeria Santa Clara - 20-22 Julho
Vídeo de Gaetano Mastrocinque, Galeria Santa Clara - 14-22 Julho
Performance de Francesca Fini, Casa da Cultura, 14 Julho
Conversa entre Francesca Fini e Carlos Antunes, CAPC, 15 Julho
Performance de Paula Lafuente, Casa da Esquina, 21 Julho
Vídeo de Carla Forte, Casa da Esquina, 21 Julho
"Momentum"-abertura, OMT, 22 Julho
"Momentum"- performance Videolab, OMT, 22 Julho
"Momentum"- dança com Ana Figueiredo, OMT, 22 Julho
Vídeo instalação de Natália de Mello, OMT, 22 Julho
Dança de encerramento com Maria do Mar, OMT, 22 Julho

FEIRA CULTURAL DE COIMBRA


Pelo segundo ano consecutivo o Projecto Videolab participou na Feira Cultural de Coimbr com instalações no Museu da Água e uma selecção especial da edição do Fonlad 2017.







A RUINA E A OBRA



A convite do Colectivo Pescadas nº 5, num encontro de múltiplos artistas, a Associação Videolab apresentou 3 projectos de video-instalação, com três temáticas, na abandonada Casa Ferrand, no nº 222 da rua ....., em Coimbra. 

Projecto 1: "Light-Urgency-Zone", com Benvinda Araújo, Carmo Almeida e Filomena Praça Projecto 2: "Cândida, um holograma", de Sérgio Gomes e Gonçalo Barros Projecto 3: "Un-Married Couple", de DU LAC (José Vieira e Maria Clara Maia)

Videolab
Sérgio Gomes + Gonçalo Barros

Du Lac

DUCHAMP NO AQUÁRIO



O universo Duchampiano é o ponto de partida para o evento Videolab "Duchamp no Aquário". O mote temático é o início de um processo desconstrutivo das obras originais que se estende ao surrealismo performativo e ao cinema. A graça feminina une-se à ironia irreverente de Duchamp em diversas expressões sequenciais criando o universo peculiar de austeridade, barbárie, castidade e desconstrução.

The Duchampian universe is the starting point for the Videolab event "Duchamp in Aquarius". The thematic motto is the beginning of a deconstructive process of the original works that extends to the performative surrealismo and to the cinema. Feminine grace unites with the irreverent irony of Duchamp in several sequential expressions creating the peculiar universe of austerity, barbarism, chastity, and deconstruction.

Performance: Benvinda Araújo, Carmo Almeida, Filomena Praça, Maria Clara Maia
Dança / dance: Maria do Mar
Video: Angella Conte, Marzio Mirabelle, Barbara Fougère-Danezan, Collete Copeland
Produção / prodution: José Vieira e Sérgio Gomes
Apoio / support: Casa da Esquina, Câmara Municipal Coimbra
Organização / organization: Projecto Viedeolab